Percurso e Formação

Depois de, em 2004, ter terminado a Licenciatura em Psicologia na Universidade do Porto, passei alguns anos a trabalhar na área da saúde sexual e reprodutiva em contexto comunitário. Sendo já grande o meu interesse pela psicanálise, aproximei-me da Associação Portuguesa de Psicanálise e Psicoterapia Psicanalítica (AP) e iniciei uma análise didáctica, pré-requisito fundamental para a admissão à formação psicanalítica. 

Só depois de um longo percurso pessoal de análise, de seminários teóricos e de supervisões clínicas me instalei e continuo a trabalhar como psicanalista. Neste percurso, fui-me interessando cada vez mais pelas questões ligadas ao trabalho e frequentei um certificado de especialização em psicodinâmica do trabalho no Centre National des Arts et Métiers (CNAM) em Paris. Sou sócia da AP (nº159) e membro efectivo da Ordem dos Psicólogos (cédula nº10729). Trabalho em português e em francês.

A Associação Portuguesa de Psicanálise e Psicoterapia Psicanalítica (AP) é uma Associação Científica fundada em 2008 por um grupo de cinco psicanalistas e psicoterapeutas, correspondendo à preocupação e ao desejo dos muitos profissionais e investigadores que vinham reflectindo sobre a evolução da psicanálise.
A AP é uma associação livre, sem fins lucrativos, tendo como objectivo principal a defesa da psicanálise enquanto ciência, teoria e prática em diálogo com as transformações contemporâneas da nossa sociedade e com as diversas disciplinas científicas, sociais e culturais.